Secretaria de Agricultura e Abastecimento

DIA MUNDIAL DA ÁGUA – Alunos da rede pública aprendem a importância de se preservar o solo como Simulador de Chuvas da Codasp

Postado em 05/abr/2018 -



dsc03036

Aprender na prática a importância de se preservar a água, o solo e a vegetação é o objetivo do Simulador de Chuvas da Codasp. Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a Regional Noroeste da CODASP, através da Unidade de Apoio de Presidente Prudente, no dia 22 de março de 2018, fez uma atividade educativa na Escola Municipal Profa Maria do Socorro Brita de Almeida. A atividade começou com uma palestra didática, abordando temas como erosão, assoreamento dos mananciais, importância da proteção dos solos, rios e vegetação. O Eng.AgrônomoDiego Henriques dos Santos explicou aos alunos e professores a importância da preservação dos recursos naturais, especialmente a água. Após essa introdução, todos participaram dademonstração prática com o Simulador de Chuvas,projeto idealizado pelo Prof. Dr. Paulo Romera, Engenheiro do Centro Tecnológico de Hidráulica e Recursos Hídricos da USP (CTH/USP) e pelo Prof. Dr. Antônio Cézar Leal (FCT/UNESP).

dsc03062

 

Com o apoio da Eng° Sandra Ichikawae do Técnico Operacional Edson Sanches, o Eng° Diego apresentou o Simulador de Chuvas, que demonstra o impacto ambiental causado pelo escoamento superficial da água nos solos, gerando os processos erosivos e o assoreamento dos mananciais.

dsc03043

 

O sistema é composto por duas caixas inclinadas, que representam a declividade que também ocorre na natureza, uma com solo com vegetação e a outra sem vegetação. A chuva simulada cai na mesma quantidade nos dois solos. Os alunos são orientados a coletar a água que se infiltra na terra e escorre pelas duas caixas, podendo perceber claramente a diferença nos resultados. Por meio de um sistema de irrigação acima das caixas, a chuva simulada cai na mesma quantidade nos dois solos e os alunos coletam tanto a água infiltrada na terra, quanto a que escorre por ela. Na caixa com vegetação, a água sai clara e se infiltra em maior quantidade, diretamente no lençol freático. Já no solo sem vegetação, ela sai barrenta e tem menos infiltração, abastecendo menos o lençol freático e gerando erosão.

dsc03074

 

Nesse processo, os alunos demonstraram bastante interesse e ao final da simulação, todos puderam entender e conseguiram comparar claramente a diferença entre uma e outra e verificar na prática a importância de se preservar a vegetação e os recursos naturais existentes para que não faltem no futuro! Esta atividade vem sendo realizada desde 2010, e já atendeu mais de 1.000 alunos da rede pública, dentre outros. Dessa forma, a Codasp vem mostrando um pouco de seu trabalho na recuperação de estradas, tendo sempre em mente a preocupação com a conservação do solo. “Esse sistema é muito mais didático, é visual. Fixa muito mais na cabeça dos nossos futuros protetores da água e do solo”, destacou Diego.

dsc03100

 

Este evento foi realizado em parceria com a Prefeitura Municipal de Presidente Prudente, por intermédio da Professora Eliana Junqueira, da SEMEA – Secretaria Municipal de Meio Ambiente e contou com a participação de 108 alunos do 5o ano e professoras, acompanhados pela Diretora Isabel Cristina e pela Orientadora Ana Paula. A visita teve a Coordenação Técnica do Gerente da Regional Noroeste da CODASP, Henrique Carlos Montefeltro Fraga.


Acompanhe a Codasp nas redes sociais: